Depoimentos e recomendações

Prof. Dr. Marcio Guedes Correa
Instrumentista | Docente | Pesquisador
Professor Doutor na Universidade Federal do Espírito Santo-UFES
Doutor e Mestre em Música pelo IA-UNESP
Licenciado em Música pela FAAM

Prof. Dr. Dr. Fernando Luiz Cardoso Pereira, 2021

Docente, pesquisador, cravista e organista da banda “Violeta de Outono”;

Pós-doutor em Música pela Boston University; Pós-doutor em Música pela ECA-USP;

Doutor em Musicologia pelo IA-UNESP; Doutor em Química Orgânica pela USP

Nando Arjo, 2022

Professor de música e guitarrista.

    Atesto que conheço o Dr. Allan Christian Domingues Souza desde Março de 2004, quando ele foi meu aluno de composição na Faculdade de Artes Alcântara Machado-FAAM, ainda em nível de graduação. Posteriormente, em Março de 2019, fui membro titular da banca avaliadora do exame de defesa de seu doutorado, na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP; ocasião na qual ele apresentou de maneira fluente e assertiva a sua tese – original, densa e altamente representativa – acerca do modelo micropolifônico de György Ligeti.

         Nos anos letivos de 2020 e 2021, ele está vinculado ao “Programa de Pós-Doutorado em Música” da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (CMU-ECA-USP). Na posição de seu supervisor, posso afirmar que ele está realizando um grande avanço. Ele demonstra ser trabalhador, determinado e focado nos processos e na obtenção dos resultados artísticos e científicos. Seus conhecimentos artísticos e científicos são excelentes, ele sempre aborda questões pertinentes e é também muito preciso ao fornecer insights analíticos. Ele costuma pedir feedback e aceita com maturidade críticas construtivas, ficando evidente que ele realmente deseja sempre desafiar a si próprio e expandir os horizontes do seu conhecimento.

            Sinto-me bastante confiante de que ele será extremamente bem-sucedido em suas futuras jornadas. Ele é uma pessoa focada e determinada, e possui as características que tornam tanto um artista quanto um profissional acadêmico bem sucedidos. Por suas qualidades, estou certo de que ele está apto a assumir as responsabilidades de cargos acadêmicos e artísticos, e de que seu desempenho será altamente satisfatório.

       O Dr. Allan Christian Domingues Souza tem as minhas mais altas recomendações. Caso seja necessário, faço-me disponível para demais esclarecimentos.

Prof. Livre Docente Dr. Silvio Ferraz de Mello Filho, 2020

Compositor | Chefe do Departamento de Música | Professor Titular | ECA-USP

 

 

            Em outubro de 2014 integrei - na posição de membro titular - a banca de avaliação do exame de admissão para o curso de doutorado em música. Nesta ocasião, Allan Christian Domingues Souza apresentou com muita clareza e objetividade o seu projeto intitulado “A tríplice confluência histórico-técnica no conceito de micropolifonia de György Ligeti (1956-1967): a concepção de um estilema tecnomórfico híbrido”, demonstrando sólido conhecimento musical e excelente desenvoltura tanto na exposição do seu projeto quanto durante a arguição acerca do mesmo, tendo sido, então, aprovado para a única vaga oferecida pela sua orientadora.

            No primeiro semestre de 2015, Allan frequentou a disciplina “Maleabilidade e limites do conceito e prática da forma sonata”, por mim ministrada. Allan se mostrou um aluno muito participativo, sempre abordando questões pertinentes, propondo interessantes insights analíticos e aceitando críticas com maturidade e atenção. Durante o processo de avaliação optou por abordar temas altamente complexos, dominando-os com segurança e fazendo uma apresentação densa, clara, organizada e objetiva, sendo aprovado com nota máxima.

            Allan sempre mostrou-se muito sério, trabalhador e motivado a aprender, tendo demonstrado um permanente desejo de sempre desafiar a si próprio e expandir os horizontes do seu conhecimento. Sinto-me bastante confiante de que ele será extremamente bem-sucedido em suas futuras jornadas e, por suas qualidades, acredito que Allan Christian Domingues Souza será uma grande aquisição para quaisquer atividades musicais e acadêmicas. Estou certa de que ele está apto a assumir as responsabilidades de um cargo acadêmico/artístico e de que seu desempenho será altamente satisfatório. Allan Christian Domingues Souza tem as minhas mais altas recomendações.

            Caso sejam necessárias mais informações, por favor, sinta-se livre para contatar-me a qualquer momento.

Profa. Dra. Yara Borges Caznok, 2016

Docente | UNESP - Universidade Estadual Paulista

 

            Allan Christian Domingues Souza está atualmente matriculado no Programa de Doutorado em Música do Instituto de Artes da UNESP. Na posição de sua orientadora, posso afirmar que ele está realizando um grande avanço desde que iniciou no programa em 2015, tendo completado todos os seus créditos em disciplinas, testes de língua estrangeira (inglês e espanhol) e outros requisitos acadêmicos, atingindo notas máximas em todas as disciplinas e atividades exigidas pelo programa de doutorado.

            Fui membro da banca avaliadora dos exames de qualificação e de defesa de seu mestrado, para o qual ele apresentou uma dissertação altamente representativa sobre música de György Ligeti, intitulada "Confluências histórico-técnicas no conceito de micropolifonia (1956-1966)", defendida em 2014. Seu trabalho escrito é original e denso, e ele é altamente comunicativo, tendo apresentado o seu trabalho de maneira fluente e assertiva.

            Ele também frequentou a minha disciplina de pós-graduação sobre análise schenkeriana, mostrando-se muito participativo e musicalmente bem informado. Ele mostrou, nesta classe, ser uma pessoa trabalhadora, inteligente e motivada. Seu conhecimento teórico em música é excelente, e ele é muito preciso ao fornecer insights analíticos.

            Por suas qualidades, acredito que Allan Christian Domingues Souza será uma grande aquisição para quaisquer atividades musicais e acadêmicas.

Caso sejam necessárias mais informações, por favor, sinta-se livre para contatar-me a qualquer momento.

Profa. Dra. Graziela Bortz, 2016

Chefe do Departamento de Música | UNESP - Universidade Estadual Paulista

 

 

 

             Atesto que conheço o Allan Christian desde agosto de 2012, ocasião em que ele era estudante de mestrado na UNESP. Allan frequentou a disciplina que ministrei e sempre foi um músico de alto nível, além de muito sério e trabalhador, se mostrando altamente motivado a aprender e dar o seu melhor. Allan Christian foi um membro ativo e consciente da classe, levantando por diversas vezes questões pertinentes e importantes. Ele costumava pedir feedback e aceitava com maturidade críticas construtivas. Durante o decorrer da disciplina, foi solicitado a todos os alunos da classe que escrevessem um paper e realizassem uma performance em música contemporânea. Allan Christian escolheu tópicos altamente complexos e os dominou muito bem: seus textos eram bem escritos, organizados, claros e pertinentes. Era evidente que o Allan Christian realmente desejava aprender mais e sempre desafiar a si próprio.

     Allan também se propôs a compor uma peça inédita para os instrumentos/alunos disponíveis na turma e reger a sua própria composição em um recital. Certamente esta ideia desafiadora foi bem recebida, resultando em uma composição surpreendentemente bem escrita e artisticamente valiosa. Após somente dois ensaios, sua composição “Sator Arepo Tenet Opera Rotas” (2012) teve a sua estreia mundial sob a sua própria regência, e desafiou o resto da turma a olhar para a música contemporânea através de novas perspectivas. Nesta estreia, Martha Herr e eu executamos solos a nós dedicados. Allan Christian mostrou diversas qualidades como regente , coordenando, dando apoio aos músicos e gentilmente fazendo com que eles atingissem o seu mais alto potencial.

            Atualmente Allan é aluno de doutorado da UNESP e atingiu nota máxima em todas as disciplinas e atividades requeridas pelo programa.

            Sinto-me muito confiante de que ele será extremamente bem-sucedido em todas as suas futuras jornadas. Ele é uma pessoa focada e determinada, e possui as características que fazem um profissional acadêmico bem sucedido. Estou certo de que ele está apto a assumir as responsabilidades deste cargo e de que seu desempenho será altamente satisfatório.

            Allan Christian Domingues Souza tem as minhas mais altas recomendações. Faço-me disponível para demais esclarecimentos, caso seja necessário.

Prof. Livre Docente Dr. Giacomo Bartoloni, 2016

Docente | UNESP - Universidade Estadual Paulista

  

 

 

            Atesto que conheço o Dr. Allan Christian Domingues Souza desde Janeiro de 2012, quando lecionamos junto éramos docentes na Faculdade de São Paulo-UNIESP. Desde Janeiro de 2020, desenvolvemos pesquisa científica interdisciplinar nas áreas de neurociência, música, psicoacústica e cognição.

            O Allan demonstrou um profundo conhecimento sobre os tópicos inerentes à nossa pesquisa, sempre abordando fatos relevantes e oferecendo insights analíticos muito lúcidos e enriquecedores.

      Suas principais características são a sua paixão e foco nos processos metodológicos e na obtenção dos resultados científicos; sua motivação em trabalhar, sempre se desafiando a aprender mais; e sua capacidade de gestão, sempre fazendo com que atinjamos todo nosso potencial enquanto equipe.

            Estou muito confiante de que o Allan será muito bem sucedido em qualquer ambiente científico, e de que sua performance será sempre altamente satisfatória em qualquer cargo de ensino ou pesquisa.

       O Dr. Allan Christian Domingues Souza tem as minhas mais altas recomendações. Para quaisquer informações necessárias, sinta-se livre para contatar-me a qualquer momento.

Dr. Nicolau Agostinho Sambé, 2021

Neurocientista | Doutor em Fisiologia Humana (Guiné-Bissau/Portugal/Brasil)

 

 

            Atesto que conheço o Dr. Allan Christian Domingues Souza desde fevereiro de 2007, quando ele cursava o bacharelado em composição e regência na Faculdade de Música Carlos Gomes-FMCG, em São Paulo. Entre os anos de 2007 e 2009, ele foi meu aluno de composição e, assim que concluiu com destacado mérito o bacharelado, cursou a pós-graduação Lato Sensu em composição musical na mesma FMCG, novamente sob a minha orientação.

            O que sempre me chamou a atenção foi sua imensa cultura acadêmica e musical – dificilmente havia um tópico sobre música que eu pusesse em discussão que o Allan não conhecesse referências atualizadas e pertinentes. A isso se soma legítima curiosidade intelectual e ânimo constante para a pesquisa. Sua evolução como compositor foi notável no período em que pude acompanhá-lo.

            Em 2014 participei como membro titular das bancas de qualificação e de defesa da sua dissertação de mestrado; e novamente, em 2019, fui membro titular das bancas de qualificação e defesa de sua tese de doutorado. Nestas ocasiões, constatei que todas as qualidades que nele havia anteriormente observado estavam presentes e consolidadas. Seus orientadores mostraram-se muito satisfeitos com o desempenho e os resultados alcançados pelo Allan, destacando sua cultura, comprometimento e profundidade de pensamento. Foi com imensa alegria que confirmei não apenas sua evolução no conhecimento científico como também na sua forma de apresentar as ideias e conduzir um debate.

           Após tantos anos de convívio, estou bem seguro de suas mais altas qualidades artísticas e intelectuais, além de sua grande disposição para o trabalho.              O Allan jamais deixou de cumprir com excelência qualquer compromisso que tenha assumido. Recomendo-o veementemente enquanto profissional e faço-me disponível para quaisquer esclarecimentos.

Prof. Dr. Celso Antônio Mojola, 2016

Docente Titular | Escola Superior de Música da Faculdade Cantareira

              Fui professor de regência orquestral do Maestro Allan Christian. Por todo seu tempo de estudos sob minha orientação, foi um aluno talentoso, dedicado e comprometido. Como profissional, mantivemos contato ao longo dos anos, e ele soube manter em sua carreira os mesmos compromissos de estudante, ampliando e aprimorando-os com sua pós-graduação, que atualmente o levou ao título de pós-doutorado pela Universidade de São Paulo. Sem dúvida, trata-se de um profissional que recomendo fortemente e de uma pessoa dedicada e com paixão pela música.

Prof. Ms.  Maestro Paulo Rydlewski

Mestre em Música (USP), foi o fundador e regente titular de cinco orquestras profissionais,; diretor artístico e musical dos projetos “Orquestra Filarmônica de Paraisópolis” e da Orquestra Filarmônica Prof. José Storópoli (UNINOVE)

 

 

 

             Trabalhar com o Allan Christian tem sido uma experiência interessante e extremamente enriquecedora. Em 2009 iniciamos uma parceria na adaptação do texto La Religieuse (A Religiosa) de Victor Hugo. A meu pedido ele adaptou musicalmente o texto, completando e adicionando poder às imagens filmadas. Desde então, uma confiança se instalou entre nós dois e sei que posso confiar nele como profissional para qualquer de minhas futuras realizações. Allan Christian é um profissional meticuloso e experiente.

      “Travailler avec Allan Christian est, à mon avis, une expérience intéréssante et enrichissante. En 2009 nous avons démarré notre collaboration lors d'une adaptation du texte “La Religieuse” de Victor Hugo. A ma demande, il a adapté musicalement le texte apportant un puissant complément aux images filmées. Depuis, une confiance s'est installée parmi nous deux et je sais que je peux avoir confiance en lui en tant que proféssionnel pour toutes mes futures réalisations. Allan Christian est un musicien méticuleux et expérimenté.”

Mélanie Schoeny – Bagneux/Paris, França

Cineasta francesa

 

 

 

             Lembro-me de meu primeiro contato com Allan Christian. Ele havia lido uma de minhas críticas sobre a estética de um grande clássico da canção francesa, iniciando-se assim uma troca de impressões. Logo fiquei fascinado por suas idéias. Allan Christian mostrou-se muito determinado e competente, tanto como compositor quanto como instrumentista. Suas composições demonstram um espírito científico manifestado com brio e muito talento.

      “Je me souviens de mon premier contact avec Allan Christian. Il avait lu une de mes critiques sur l'esthétique d'un grand classique de la chanson française et l'échange avait commencé. J'ai été fasciné par ses idées. Par la suite Allan s'est vite montré quelqu'un de très assidu et compétent, aussi bien en tant que compositeur qu'instrumentiste. Ses oeuvres démontrent un esprit scientifique qu'il manifeste avec brio et beaucoup de talent.”

Cyrille Louis Giraud - Vitry-sur-Seine, França

Compositor e instrumentista francês

 

 

 

             O mundo da música é um universo singular, contudo, como em qualquer outra atividade profissional encontramos pessoas com um mesmo foco, mas com características pessoais diferentes. Em algumas delas estas características são tão singulares que dificilmente passam despercebidas em nossas vidas. Assim é Allan Christian. Conheci o Allan no curso de Graduação na Faculdade de Música Carlos Gomes de São Paulo.

            Allan, para quem não se propõe a conhecê-lo mais a fundo, pode parecer uma pessoa prepotente, dado a seu impressionante interesse a tudo que se refere a música. Este interesse aliado a sua juventude e um excelente conhecimento das ferramentas oferecidas no mundo virtual, o colocam em destaque das demais pessoas, pois parece que não há um só assunto relacionado ao universo musical que ele não possa discutir, característica que normalmente desperta certo grau de inveja e, fatalmente, maledicências.

       Nosso curso de Pós-Graduação era formado por três alunos, o que naturalmente promoveu uma aproximação entre nós. Almoçávamos juntos e discutíamos projetos, compositores, composições, enfim, tornamo-nos amigos. Dado às características pessoais já citadas, Allan é um compositor “linkado” com seu tempo. Suas pesquisas e sua dedicação aos estudos fizeram dele um aluno cujo desenvolvimento era notório e fazem dele um músico impaciente com o marasmo e preocupado em sempre produzir. Todo e qualquer assunto relacionado a música é interessante a ele, mas se o assunto é música contemporânea, principalmente quanto esta está aliada a outras ciências, torna-se, pelo menos nesta fase de sua vida, seu assunto predileto.

            Em nosso curso (Pós-Graduação em Composição) nossas composições eram analisadas por todos os alunos, metodologia aplicada por nosso orientador, Prof. Dr. Celso Mojola, que fez com que tivéssemos contato íntimo com os direcionamentos composicionais de todos. Embora fosse claro sua predileção por sons modernos e incomuns, via-se que o tradicional também fazia parte de seu interesse, por vezes criando músicas em estilo barroco, clássico e romântico. Todos, naquele estágio, éramos compositores bastante “verdes”, contudo a personalidade de cada um já estava estampada em nossos trabalhos e suas composições eram cheias de auto confiança e ousadias.

            Todavia, sua paixão não se limita a composição, sua veneração por regência orquestral (e coral) é tão grande quanto pela composição, o que o fez muito cedo perceber que, infelizmente, vivemos em um país atrasadíssimo no que se refere a formação de um músico, seja qual for a área pretendida. Allan é um jovem sonhador, mas um músico com os pés fincados no chão. Inconformado com a displicência e com o “jeitinho brasileiro”, é um crítico feroz a tudo que não está dentro do que é tido como ideal, traço de sua personalidade que fatalmente irá colocá-lo em destaque nas atividades que abraçar.

            Tenho que admitir que falar da personalidade de um músico é uma tarefa difícil, ainda mais de um compositor que naturalmente se interessa por assuntos diversos e de um regente que, pela natureza da atividade, é de personalidade forte.             Allan reúne todas as características que um músico competente tem que ter e certo estou que a música ganhou um profissional que irá contribuir para que este tão castigado universo musical brasileiro mude e saia deste lamentável panorama.

Maestro Ricardo Barbosa (in memoriam) – Osasco, Brasil

Regente Titular do Voz Ativa Madrigal

  

 

 

            As composições de Allan Christian situam-se na interseção de diversas estéticas, criando assim, um resultado surpreendente e cativante. Ele também possui essas mesmas particularidades e merece ser conhecido e reconhecido!

Além disso, a criação do Aurora Sonoris é uma excelente idéia, que trará à diversos jovens artistas (ou mesmo aos menos jovens) a possibilidade de ver suas obras sendo executadas, tanto por outros intérpretes como por eles próprios, oferecendo ao publico um ambiente cultural e musical de qualidade, em diversos lugares do mundo. Brilhante idéia, que merece ser defendida!

      Les compositions de Allan Christian se situent au croisement de plusieurs esthétiques, qui crééent un tout, particulièrement surprenant et attachant. L’homme l’est tout autant, et mérite d’être connu et reconnu!

      Par ailleurs, la création d’Aurora Sonoris est une très bonne idée, cela va permettre à nombre de jeunes artistes (ou moins jeunes) de voir leurs œuvres jouées, de jouer eux-mêmes ces créations, à offrir enfin au public un environnement culturel et musical de qualité, et cela partout dans le monde. Brillante idée, qui mérite d’être défendue!”

Thibault Bollenbach - Levallois-Perret, França

Oboísta francês

 

 

 

             Allan Christian mostra-se sempre disposto e muito atento à novas idéias. Suas composições demonstram engenhosidade e abrangência.

"Allan Christian se montre toujours à disposition et attentif aux nouvelles idées. Ses compositions démontrent ingéniosité et ouverture."

Gabriela Gloanec - Paris, França

Violinista francesa de origem chilena

 

 

 

             Tive o prazer de conhecer Allan Christian na Pós-Graduação em música do Instituto de Artes da UNESP em 2012. Fomos colegas em duas disciplinas ao longo de dois semestres e nossas conversas logo se tornaram frequentes e muito interessantes . Allan sempre destacou-se - e continua destacando-se - por sua grande cultura e vivência musical e um permanente, vívido e singular interesse pelas artes, longe de qualquer superficialidade. A satisfação em conhecê-lo aliou-se ao prazer de conhecer suas composições e foi uma grata surpresa ter à mim dedicada a peça Simultaneidades para órgão solo que terá sua primeira audição neste ano de 2013.

            Allan já trouxe e trará uma grande contribuição para o melhor da música em nosso país, possibilitando novas e alvissareiras projeções do Brasil no exterior.

Dr. Kenny Simões - São Paulo, Brasil

Organista, Doutor em Performance pelo IA-UNESP

  

 

 

            Meu primeiro contato com Allan foi nos tempos de infância, nos tempos em que ele iniciava sua incursão pelo mundo da música tocando guitarra. Anos depois nos reencontramos na graduação, mas estes poucos anos transcorridos estavam para além do tempo medido e, assim como numa música, valeram por um intenso processo de desenvolvimento emocional e intelectual: a obra de Allan, assim como sua capacidade de realização de grandes projetos eram a prova de tal evolução. E digo isso com propriedade, pois tenho tido a oportunidade de aproximar-me dele na posição de aluno, participando, assim, da experiência de contemplar música segundo seu aprofundado poder de análise e de intuição de tudo aquilo que está nas entrelinhas do discurso musical. O mais admirável, entretanto, é sua coragem vanguardista, o que permite colocá-lo entre os talentos mais promissores da nova geração de compositores brasileiros.

Prof. Ms. Pablo de Morais - Barcelona, Espanha/São Paulo, Brasil (2013)

Violoncelista e Educador Musical brasileiro, de origem catalã

Mestre em música pela ECA-USP e Bacharel em Música pela FAAM

          Fui aluno do Professor Allan Christian na Faculdade de Música Carlos Gomes-FMCG/Faculdade de São Paulo-Uniesp. Um excelente professor, bastante exigente, com um ótimo curriculum e uma capacidade formidável de ensinar. Qualquer assunto relacionado à música ele sabia explicar e tirar todas nossas dúvidas. Foi ótimo para a nossa formação. Com certeza é um excelente profissional.

Antonio Mesquita
Músico e professor de artes marciais